Belford Roxo começa a vacinar crianças de 10 anos nesta quarta-feira - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

25/01/2022

Belford Roxo começa a vacinar crianças de 10 anos nesta quarta-feira

Foto: Rafael Barreto/PMBR

A Prefeitura de Belford Roxo começa nesta quarta-feira (26/1) a vacinar contra a Covid-19 as crianças de 10 anos. O início será com as meninas. Na quinta-feira (27) serão os meninos. Na sexta-feira (27), repescagem. Nesta terça-feira (25) foi encerrada a vacinação das crianças de 11 anos.

A vacinação das crianças está sendo feita apenas nas seguintes policlínicas: Neuza Brizola, Heliópolis, Nova Aurora, Santa Maria, Parque São José e Parque Amorim de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

O secretário de Saúde, Christian Vieira, explicou que apesar dos frascos serem diferentes da vacinação adulta para a pediátrica, o intervalo entre as duas doses é o mesmo de dois meses. “Estamos seguindo as recomendações do Ministério da Saúde e planejamos um calendário para atender a demanda de crianças de nossa cidade”, frisou.

A técnica de enfermagem da Policlínica Neuza Brizola, Marilda Bela, destacou a importância de levar a caderneta de vacinação. “Dessa forma podemos avaliar também as vacinas que podem estar atrasadas. Agora tem uma vacina da meningite, por exemplo, que deve ser tomada aos 11 anos, assim como colocar a da HPV em dia”, explicou.

Ainda na unidade, a pequena Maria Clara, acompanhada da mãe Elaine Diniz, 44 anos, babá, recebeu enfim a sua dose para imunização. “Vim tomar a minha dose de reforço e fiquei sabendo que já estavam aplicando nas crianças de 11 anos, então trouxe minha filha. Eu já estava preocupada pois não chegava a vez dela e quando liberou foi um alívio. Agora o sentimento é de tranquilidade e segurança. Que mais pais tragam seus filhos, pois só assim iremos combater a doença”, disse Elaine. “Estava com medo, mas agora estou bem tranquila e não doeu nada. Agora o sentimento é de felicidade por finalmente estar vacinada”, completou Maria Clara.

Ato de amor

Na Policlínica Parque São José, a professora Kely Cristina, 39, também foi receber sua terceira dose e perguntou se já estavam vacinando as crianças. Foi aí que ela levou o filho Kristhyan Santanna e a sobrinha Isabella de Moura até a unidade para tomar a tão sonhada vacina. “A vacinação é importante e eu como professora sempre incentivo aos pais e responsáveis a manter a caderneta da criança em dia. Eu confio e vacinei minha família, pois é a proteção das crianças e de toda a família”, destacou a professora. “Foi muito bom ter me vacinado e não doeu nada”, resumiu Kristhyan.

Antes de receberem suas doses, a avó e cuidadora de idosos Selma Gomes, 43, e a neta Maria Eduarda, fizeram o teste rápido para não correrem o risco de estarem infectadas com o vírus, já que um caso na família deu positivo. “Ela foi passar as férias na Região dos Lagos com a minha irmã que testou positivo. Logo a levei para testar e deu negativo. Assim ela recebeu sua dose e estamos mais tranquilos até para a volta às aulas que terá contato com outras crianças. Vacinar é um ato de amor”, garantiu Selma. “Estou muito feliz pois logo, logo as aulas voltam e poderei ver meus amigos e abraçar a minha família”, finalizou Maria Eduarda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

©2022 I Todos os direitos são reservados ao Jornal Destaque Baixada, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

Pages