Mais de 500 presos não retornaram para cadeias do RJ após saída de Natal, incluindo traficantes e assassinos - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

terça-feira, janeiro 04, 2022

Mais de 500 presos não retornaram para cadeias do RJ após saída de Natal, incluindo traficantes e assassinos


Não é novidade que muitos detentos começam 'focados' para mostrar o momento bom moço para poder ter seus direitos de saídas das cadeias. Claro que essa é uma grande oportunidade para fugir dela. Até a publicação desta reportagem, cerca de 522 prisioneiros ainda não haviam retornado para os presídios do Rio de Janeiro.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). Quando se ganha o benefício, o preso recebe um aviso e nele consta que ele deveria retornar até às 22h do dia 30 de dezembro, porém muitos deles não se apresentaram. Entre os 'bons moços', oito integrantes da maior facção criminosa do Rio de Janeiro, o Comando Vermelho.

Além de ter um bom comportamento, para ter o direito de saída, o preso também precisa pelo menos ter cumprido um sexto da pena. As saídas costumam acontecer em datas comemorativas como a Páscoa, o dia das mães e o Natal.

Mas porque eles são liberados, sendo que estão condenados? A gente te responde lobo abaixo.

A liberação dos detentos está prevista da Lei de Execução Penal e beneficia presos em regime semiaberto ou que têm trabalho externo e que já tenham usufruído de pelo menos uma saída especial nos últimos 12 meses.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

Publicado em 04/01/2022

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Pages