Cedae assina contrato para início das obras do Novo Guandu - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

03/03/2022

Cedae assina contrato para início das obras do Novo Guandu



A Cedae assinou, na manhã desta quinta-feira (03/03), contrato para início da primeira etapa das obras da Estação de Tratamento de Água (ETA) Novo Guandu, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A estação vai produzir mais de 12 mil litros de água por segundo e contará com o maior reservatório da Companhia, com capacidade para armazenar até 53 milhões de litros de água.

A empresa Construverde executará a terraplanagem de uma área de mais de 390 mil m², onde será construída a estação, além de um muro de proteção com cerca de 4 mil metros de extensão. Também serão providenciadas macrodrenagem e drenagem do espaço das futuras unidades. A previsão é que os serviços comecem nos próximos 15 dias e sejam concluídos em até 15 meses, dando início à segunda etapa das obras.

– É muito gratificante assinar o contrato para início de uma obra deste porte. O Novo Guandu vai aumentar consideravelmente a oferta de água para a Baixada Fluminense e o Rio de Janeiro, além de significar mais água de qualidade sendo produzida em nossos sistemas – pontuou o presidente da Cedae, Leonardo Soares.

Além do presidente Leonardo Soares, participaram da assinatura o diretor Técnico e de Projetos da Cedae, Humberto Mello, o chefe de Gabinete da Companhia, Antonio Carlos Barbosa, e representantes da empresa Construverde.


Detalhes do sistema




O Novo Guandu será construído em localidade estratégica, próximo à ETA Guandu – a maior do mundo em tratamento contínuo –, e foi projetado para abastecer os municípios de Nova Iguaçu, Duque de Caxias, Belford Roxo, Queimados, Mesquita, Nilópolis, São João de Meriti, Rio de Janeiro, Japeri, Seropédica e Itaguaí.




O sistema do Novo Guandu inclui também a construção da adutora de água tratada composta por aproximadamente 300 tubos de aço com 12 metros de extensão e 2,5 metros de diâmetro cada, totalizando mais de 3,3 mil metros de extensão. As obras foram divididas em quatro etapas e serão executadas por empresas distintas, de acordo com o cumprimento das licitações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

©2022 I Todos os direitos são reservados ao Jornal Destaque Baixada, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

Pages