Vigia de Posto de Saúde é morto em operação da PM em Belford Roxo; família acusa policiais - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

24/03/2022

Vigia de Posto de Saúde é morto em operação da PM em Belford Roxo; família acusa policiais


Fábio Tavares da Silva, de 42 anos, foi morto com tiro de fuzil, durante uma operação do 39° BPM (Belford Roxo) na terça-feira (22) na comunidade da Guácha, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

De primeiro momento, a PM chegou a dizer que dois homens haviam sido baleados na ação e duas armas haviam sido apreendidas durante uma troca de tiros na região, porém a família contesta a versão contada pelos policiais e afirmaram que Fábio, além de trabalhar num posto de saúde e também trabalhava numa escola municipal da cidade.

A prefeitura de Belford Roxo confirmou a informação da família e disse que Fábio era zelador lotado na Secretaria Municipal de Educação, mas estava cedido temporariamente para a Secretaria de Saúde.

Diante do caso, a DH da Baixada abriu inquérito para investigar o caso.

Outra morte na mesma no município.

Na última quinta-feira (17/3), Geiza Celeste Correa de Souza, de 48 anos, também foi morta em Belford Roxo, durante outra operação policial, no Bairro Bom Pastor. Ela estava dentro de casa quando foi atingida pela bala perdia. 

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

Publicado em 24/03/2022

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

©2022 I Todos os direitos são reservados ao Jornal Destaque Baixada, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

Pages