Vendedor de vassouras é morto a caminho do trabalho em Queimados; família acusa PM - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

06/04/2022

Vendedor de vassouras é morto a caminho do trabalho em Queimados; família acusa PM


Um homem morreu depois de se baleado durante uma ação da Polícia Militar, na Baixada Fluminense. O caso aconteceu nesta terça-feira (5/4) na cidade de Queimados. A Família de Diego William da Silva Dias Lima, de 30 anos, acusa a PM de ter matado o jovem.

Segundo parentes, o vendedor de vassouras havia saído de casa para trabalhar por volta de 5h, quando foi atingido pelas costas.

Diego chegou a ser socorrido e levado para uma UPA da cidade, porém não resistiu e morreu na unidade. Revoltados, os moradores da região fizeram um protesto.

Procurada, a PM informou que militares do 24°BPM (Queimados), foram atacados por criminosos armados na comunidade do São Simão, onde um homem acabou ferido e socorrido à UPA da região. Na ação, foram apreendidos um revólver, duas granadas, três rádios e drogas. A PM não disse se o baleado de fato era o vendedor.

Diante do protesto em pedido de justiça, a Polícia civil entrou no caso e acionou a Corregedoria da PM. No momento o caso foi registrado na 55ª DP (Queimados), que instaurou inquérito para apurar a morte de Diego. 

Os policiais militares que participaram da ação foram ouvidos e as armas utilizadas por eles foram apreendidas e encaminhadas para a perícia.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

Publicado em 06/04/2022

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

©2022 I Todos os direitos são reservados ao Jornal Destaque Baixada, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

Pages