Governo federal aprova isenção de ICMS na contas de luz de igrejas e entidades beneficentes - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

13/05/2022

Governo federal aprova isenção de ICMS na contas de luz de igrejas e entidades beneficentes


Nesta quinta-feira (12/05), através de uma reunião extraordinária do Confaz, foi aprovado o convênio de isenção do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) criando regras para a isenção de ICMS (imposto sobre serviços) nas contas de energia elétrica de igrejas, templos religiosos de qualquer culto e entidades beneficentes.

O imposto vem sendo cobrado na conta de luz desde outubro de 2019. No último dia 3 de maio, Rosane Félix esteve reunida com o secretário estadual de Fazenda, Leonardo Lobo, e o governador Cláudio Castro, quando fizeram uma ligação telefônica ao governador do Amazonas, estado que havia pedido vistas no processo do convênio no Confaz, e receberam a confirmação de que o processo seria devolvido e não haveria entraves para a aprovação da isenção do ICMS nas contas.

Com a publicação do convênio no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (13/05), o Poder Executivo encaminhará o projeto de lei para a Alerj, permitindo a votação e aprovação das regras para a isenção.

“Finalmente o Estado do Rio de Janeiro vai acabar com essa cobrança absurda, indevida e inconstitucional. As igrejas e templos religiosos cumprem um papel importante. Além da questão religiosa, oferecem assistência psicológica e emocional, fundamentais ao ser humano”, afirma a deputada Rosane Felix, que é evangélica e gravou vídeos com o governador Cláudio Castro e o secretário Leonardo Lobo, agradecendo a articulação conjunta para restabelecer o direito de isenção de ICMS para igrejas, templos religiosos de qualquer culto e entidades beneficentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

©2022 I Todos os direitos são reservados ao Jornal Destaque Baixada, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

Pages