Maquinista vítima da batida entre dois trens morre após resgate de quase 8 horas - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad

PUBLICIDADE

27/02/2019

Maquinista vítima da batida entre dois trens morre após resgate de quase 8 horas


Morreu nesta tarde, o maquinista do trem que se chocou com outra composição na Estação de São Cristóvão, na Zona Norte do Rio, na manhã desta quarta-feira (27). Após a colisão, sete feridos foram socorridos para o Hospital municipal Souza Aguiar, no centro e um outro ferido foi socorrido para Hospital Salgado Filho, no Meier. O estado de saúde deles é considerado estável.



Porém, o caso mais grave, foi do maquinista Rodrigo da Silva Ribeiro, que durou mais de oito horas para que ele fosse resgatado. No momento que ele era retirado, o maquinista sofreu uma parada cardíaca e bombeiros tentaram reanimá-lo, mas ele não resistiu aos ferimentos e veio a falecer.  De acordo com a concessionária, os trens estavam equipados com ATP (Automatic Train Protection), sistema que reforça a sinalização.


Não se sabe se as causas foram de falha humana, mecânica ou operacional do sistema de sinalização. Ele trabalhava na Supervia desde 2011, deixou esposa e mais dois filhos.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

Por: Redação Jornal Destaque Baixada
Reportagem Diego Quaresma
27/02/2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages