Boatos de "rachaduras" na Ponte Rio-Niterói voltam a circular; elas são juntas de dilatação - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

21/07/2019

Boatos de "rachaduras" na Ponte Rio-Niterói voltam a circular; elas são juntas de dilatação


Algumas fotos voltaram a circular no facebook e grupos de Whatsapp, onde mostram uma "rachadura" na Ponte Rio-Niterói. Muitos desavisados acabam acreditando nas publicações, que sempre vem com o seguinte texto... "Ponte Rio-Niterói e elevado Central do Rio, que perigo! Será que estão esperando acontecer uma tragedia primeiro?! É o que parece, né? As coisas nesse país só se resolve assim a base da tragedia primeiro... Primeiro a porta arromba pra depois consertar 😠😠😠" diz a postagem, que, já levantou grandes debates, quando foi postara em 2014.



Neste domingo (21), a postagem parece que voltou contudo, até a publicação desta matéria, uma postagem já havia ultrapassado 3 mil compartilhamentos. Vale lembrar, que isso é boato. No dia 4 de abril, de 2014, quando a postagem veio a tona, a concessionária CCR Ponte, havia informado através de uma nota para a imprensa, pois uma pessoa passou de barco por de baixo da ponte e fotografou, onde deu início a confusão na rede. 

Veja a nota da CCR Ponte na íntegra:

Uma foto está sendo postada nas redes sociais mostrando uma junta de dilatação na Ponte Rio-Niterói, que vem sendo confundida com uma rachadura. A CCR Ponte esclarece que esta abertura é necessária e consiste em uma separação física entre as duas partes de uma estrutura, para que estas possam se movimentar sem transmitir esforços entre si. Toda ponte de grandes dimensões precisa deste tipo de abertura para acomodar a movimentação da estrutura em função das variações térmicas, evitando tensões indesejáveis, o que poderia ocasionar fissuras nas lajes e vigas.



Existem várias juntas como esta ao longo da Ponte Rio-Niterói. No trecho sobre o mar, essas aberturas ocorrem a cada 400 metros, em sua maior parte, e têm cerca de 13 centímetros de abertura. Nos acessos Rio e Niterói, ocorrem a cada 30 metros, aproximadamente, e têm cerca de três centímetros de abertura." Dizia a nota.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

21/07/2019
Compartilhe nas redes sociais e WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages