Nova Iguaçu inicia vacinação contra sarampo em bebês - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

22/08/2019

Nova Iguaçu inicia vacinação contra sarampo em bebês


A partir desta quinta-feira (22), começou nos postos de saúde de Nova Iguaçu a vacinação contra o sarampo de bebês de 6 a 11 meses de idade. A ação é preventiva, porque, segundo dados do Ministério da Saúde, vem ocorrendo casos da doença em crianças com menos de um ano de idade em várias cidades do país. Em Nova Iguaçu não há registros da doença. A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é imunizar mais de 5 mil crianças do município nesta faixa etária. A intensificação da vacinação contra o sarampo acontece em todo o país. A iniciativa foi decidida pelo Ministério da Saúde porque, de acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela pasta, dos 1.680 casos confirmados, 21 pessoas foram infectadas no Rio de Janeiro, em quatro municípios, Rio de Janeiro, Paraty, Duque de Caxias e Nilópolis. 



“Além da vacinação de crianças entre 6 e 11 meses, estamos reforçando as ações de bloqueio vacinal, considerando o deslocamento de pessoas de outros locais onde a circulação do vírus está ativa para o nosso município. Seguimos vigilantes quanto ao surto da doença intensificando ações para proteger nossa população”, afirma o secretário municipal de Saúde de Nova Iguaçu, Manoel Barreto.  A vacina aplicada aos menores de 1 ano é conhecida tecnicamente como “dose zero” e não é válida no calendário de vacinação da criança. Além dessa dose de reforço, os pais ou responsáveis devem retornar aos postos de saúde para que a criança a partir de 12 meses receba a vacina tríplice viral (1ª dose de sarampo, rubéola e caxumba), e entre 15 e 23 meses a tetra viral (2ª dose, mais varicela), respeitando o intervalo mínimo de 30 dias entre as vacinações. 



Adultos de até 49 anos que nunca se vacinaram ou não tem certeza se foram imunizados na infância podem comparecer a um posto de saúde para avaliação sobre a necessidade de aplicação da vacina e terão a caderneta atualizada. Profissionais da saúde devem ter duas doses da tríplice viral, independentemente da idade. A “dose zero”, a tríplice e a tetra viral estão disponíveis em 54 dos 57 postos de saúde de Nova Iguaçu. Apenas as UBS de Manoel Rezende, Julia Távora e Prof Ruthiles dos Santos não realizam a vacinação, pois não contam com espaço para imunização. Os postos funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

22/08/2019
Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages