Nova Iguaçu vai ampliar atendimento oncológico pelo SUS - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

26/09/2019

Nova Iguaçu vai ampliar atendimento oncológico pelo SUS


A Prefeitura de Nova Iguaçu vai aumentar os repasses de recursos para o Instituto Oncológico de Nova Iguaçu, para que a clínica possa ampliar sua capacidade de atendimento em radioterapia e quimioterapia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A medida foi anunciada nesta quinta-feira (26), pelo prefeito Rogerio Lisboa, durante visita à unidade, que é um dos maiores centros de alta complexidade em oncologia no estado do Rio,



“Estamos fazendo um grande esforço para melhorar a saúde pública em Nova Iguaçu. Assumimos uma prefeitura cheia de dívidas e com a rede de saúde sucateada, mas com trabalho e dedicação estamos conseguindo investir em melhorias no Hospital da Posse, na Maternidade Mariana Bulhões e em parcerias com o setor privado para oferecer atendimento digno aos iguaçuanos”, afirmou o prefeito. Segundo ele, o acordo com o Instituto Oncológico vai possibilitar à clínica adquirir novos equipamentos, como um novo aparelho de radioterapia, mais moderno. “Com estas parcerias entre o público e o privado otimizamos os recursos e ampliamos a capacidade de atendimento. Esse modelo já tem feito diferença em Nova Iguaçu na parte renal e do coração, e agora vai fazer na oncologia”, completou o prefeito.

Atualmente, o Instituto atende mais de 1,2 mil pacientes por mês pelo SUS, boa parte de toda a Baixada Fluminense. Segundo a gerente administrativa, Renata Medeiros, a ampliação dos recursos pela Prefeitura de Nova Iguaçu vai reduzir de forma significativa a fila de espera para radioterapia e quimioterapia. Ela estima que a clínica deverá dobrar sua capacidade de atendimento.



“Vou além, essa parceria vai garantir que as portas do Instituto continuem abertas. Havia o risco de fechar na gestão passada”, disse a gerente administrativa. Segundo ela, até dezembro a clínica vai adquirir um aparelho mais moderno de radioterapia, o que vai possibilitar aumentar o número de atendimentos de 80 para 150 por dia.

Paciente do Instituto há um mês e vítima de um câncer de mama, o comerciário Manuelito Moreira de Lima, de 59 anos, morador do bairro Santa Eugênia, acredita que o atendimento vai ficar ainda mais ágil com os investimentos da Prefeitura. “Estão olhando por nós, pois o câncer não é brincadeira e mata. Quando fui diagnosticado com essa doença, achei que não ia conseguir fazer nenhum tratamento e iria morrer, mas fui surpreendido pela boa qualidade do serviço prestado no Instituto. Com aparelhos novos a fila de atendimento vai andar mais rápido”, disse o comerciário. Ele lembra que o câncer de mama atinge também os homens, apesar de afetar majoritariamente as mulheres.



Para o secretário de Saúde, Manoel Barreto, a redução da fila de atendimento será o principal benefício da parceria. “Não pode haver filas para pacientes com indicação de quimioterapia e radioterapia”, disse o secretário. O Instituto Oncológico fica na Rua Doutor Barros Júnior, 1135, no Centro de Nova Iguaçu.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

26/09/2019

Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp
--

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages