Policial federal é morto a tiros em comunidade do Rio - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

13/02/2020

Policial federal é morto a tiros em comunidade do Rio


Um policial federal morreu após trocar tiros e ser baleado na Favela do Rola, em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio. O crime aconteceu na tarde desta quinta-feira (13). Outro agente, que também trocou tiros com os criminosos, conseguiu fugir e se esconder numa casa na favela. O agente foi encontrado por policiais militares em estado de choque.



O policial morto foi identificado como Ronaldo Heeren, e o agente que conseguiu escapar dos bandidos é Plínio Ricciardi. Ambos são do Núcleo de Operações da Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Delecor). Heeren, que trabalhava na PF há mais de 20 anos, foi encontrado por policiais militares em uma das vias da comunidade. Ele estava no banco do motorista de uma viatura da PF descaracterizada e os disparos que atingiram o policial entraram pelo vidro dianteiro do carro.


Além de agentes da PF, policiais civis da Delegacia de Homicídios da Capital (DH - Capital) também foram para o local. Como o agente estava em serviço, a investigação será conduzida pela PF e a DH auxiliará com a apuração do local do crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages