Nova Iguaçu decreta situação de emergência na saúde por causa do coronavírus - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

18/03/2020

Nova Iguaçu decreta situação de emergência na saúde por causa do coronavírus


A Prefeitura de Nova Iguaçu segue adotando medidas para conter a disseminação do novo coronavírus Covid-19. Nesta terça-feira (17), em nova reunião do gabinete de crise, o prefeito Rogerio Lisboa decretou situação de emergência na saúde. Além disso, foi anunciada a redução da jornada de trabalho nos setores administrativos dos órgãos municipais. A partir desta quarta, o horário de funcionamento será de 11h às 15h, com revezamento de equipes em dias alternados. Os servidores da área de saúde e da Defesa Civil continuarão com seu horário normal de trabalho. Funcionários com idade a partir dos 60 anos não farão parte da escala e permanecerão em casa. A medida vai até 30 de março.



“Este é um momento delicado e precisamos tomar decisões difíceis. Nossa ideia é reduzir o número de pessoas circulando pelos órgãos municipais e evitar que elas utilizem o transporte público nos horários de pico. Para isso, os funcionários entrarão duas horas mais tarde e sairão duas horas antes do horário normal”, explica o prefeito Rogerio Lisboa.

No último sábado (14) o chefe do executivo já havia adotado medidas como, por exemplo, a suspensão do uso do solo público bem como suas solicitações, adiamento de eventos que envolvam grande concentração de pessoas e a restrição a um visitante por dia aos pacientes internados no Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) e na Maternidade Municipal Mariana Bulhões (MMMB). As 141 escolas e creches do município tiveram 15 dias do recesso de julho antecipado e já não abriram as portas na segunda-feira (16).



Programas, projetos, atividades e capacitações oferecidas Prefeitura de Nova Iguaçu como, por exemplo, o ‘Prefeitura Presente’, a ‘Casa do Professor’ e a ‘Casa da Inovação’ também foram suspensas. Equipamentos públicos como a Casa de Cultura, Vila Olímpica e o Centro Olímpico estão fechados. Já os abrigos públicos estão com as visitas restritas.

Dois concursos que seriam realizados no mês de março foram adiados. São eles o segundo Exame de Seleção de Candidatos ao Programa de Estágio da Procuradoria Geral do Munícipio, que estava agendado para o último domingo (15), e o concurso público da Guarda Municipal, que iria acontecer no dia 22 de março. Ambas as provas serão remarcadas.



A prova de vida dos servidores inativos da Prefeitura de Nova Iguaçu também está suspensa por 15 dias. O mesmo vale para o atendimento no Instituto de Previdência de Nova Iguaçu (Previni). O setor disponibilizou o telefone (21) 2666-2200 para quem tiver dúvidas.

Visitas mais curtas no HGNI

Após anunciar a restrição a um visitante por paciente no Hospital Geral de Nova Iguaçu – antes era permitida a entrada de até três pessoas, o prefeito Rogerio Lisboa decidiu também reduzir de uma hora para 30 minutos o horário de visitas.



Pacientes das enfermarias 1 a 20 poderão ser visitados entre 15h e 15h30. Já os internados das enfermarias 21 a 40 deverão receber visita entre 15h30 e 16h, mesmo horário de visitação aos que estão no CTI e na Sala Amarela. Não haverá visita aos pacientes da Pediatria e da Sala Vermelha, mas um médico irá ao Núcleo de Apoio à Família (NAF) para esclarecer o caso ao familiar ou responsável legal. Paciente que tiver acompanhante não receberá visitas e a troca de acompanhante será permitida uma vez por dia.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

18/03/2020
Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages