Uso de máscaras será obrigatório em todos espaços públicos do Rio a partir de 23 de abril - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

19/04/2020

Uso de máscaras será obrigatório em todos espaços públicos do Rio a partir de 23 de abril


O decreto do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, que torna obrigatório o uso de máscara facial para quem sair às ruas e circular nos estabelecimentos abertos ao público ou nos meios de transportes públicos ou privados da cidade foi publicado hoje (18) em uma edição extraordinária do Diário Oficial do Município. O uso das máscaras deve ocorrer também em locais como praias, lagoas e praças.



“É importante dizer que as máscaras que estamos tornando o uso obrigatório são as comuns, feitas em casa. As profissionais, conforme o Ministério da Saúde, vamos deixar para os profissionais da saúde. Se todo mundo for usar a máscara profissional, vai faltar para dentro do hospital. As que estamos pedindo para as pessoas usarem são as caseiras”, disse Crivella durante coletiva no Riocentro, onde está instalado o Gabinete de Crise.



No decreto, o prefeito dá o prazo de cinco dias, a partir da publicação, para que a medida entre em vigor, que passará a valer na quinta-feira (23). As pessoas que estiverem sem as máscaras poderão ser impedidas de usar o transporte público ou de entrar nos estabelecimentos autorizados a funcionar durante a pandemia do novo coronavírus.

Quem desobedecer a determinação está sujeito a pagamento de multa por deixar de executar, dificultar ou se opor à execução de medidas sanitárias, que visem à prevenção das doenças transmissíveis e sua disseminação, à preservação e à manutenção de saúde.



Conscientização

Para o prefeito, o melhor efeito da medida não é a punição, mas a conscientização da população quanto a sua necessidade para evitar o aumento da contaminação.

“Nós estamos tomando medidas, sempre com muito equilíbrio consultando o Comitê Cientifico e nosso Gabinete de Crise”, disse, acrescentando, que quando o uso se espalhar, o próprio cidadão vai alertar alguém que não estiver com ela. Crivella afirmou ainda que a medida será por um período determinado até que comece a ter a reversão da curva de contaminação pelo novo coronavírus. O prefeito voltou a mostrar preocupação com o percentual de leitos ocupados no Rio.

“Elas [as medidas adotadas] são paralelas à gravidade que observamos chegamos a um ponto de 86%, 87% de leitos de UTI no município preenchidos”.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

Por Cristina Indio do Brasil
Agência Brasil
18/04/2020
Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages