Programa Saúde Mental em Belford Roxo lança projeto 'Escola para Pais' - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

10.16.2020

Programa Saúde Mental em Belford Roxo lança projeto 'Escola para Pais'


O Programa de Saúde Mental da Prefeitura de Belford Roxo lançou esta semana o Projeto "Escola para Pais", com a temática: "A importância de regras e limites para a saúde mental no relacionamento entre pais e filhos".

O idealizador do projeto é o psicólogo Paulo Patrocínio, diretor de Saúde Mental. O objetivo é trabalhar em parceria com outros programas e secretarias do município, dando suporte às famílias para lidar com situações de conflito familiar

De acordo com Patrocínio, o objetivo do projeto é orientar os pais, mostrando a importância de saber dizer não em algumas situações, além de alertar para o cumprimento de regras e limites para os filhos. “Vivemos em uma sociedade em que precisamos cumprir e obedecer regras. Crianças que não são moldadas para este tipo de organização irão desenvolver um tipo de transtorno mental na infância que nós chamamos de Transtorno Desafiador Opositor (TOD). Na adolescência aparece o Transtorno de Conduta. Na vida adulta pode aparecer o Transtorno Antissocial, Isso pode levar o indivíduo à psicopatia, porque na infância ele quase não ouvia os pais, familiares e amigos dizerem não para suas atitudes”, finalizou Patrocínio.

O diretor de Saúde Mental destacou que o “Escola para Pais” será trabalhado em conjunto com a rede, incluindo, por exemplo, as Secretarias de Assistência Social e Cidadania e a Saúde. “A ideia é trabalhar primeiro com os pais e depois ampliar a proposta para as escolas”, resumiu Paulo Patrocínio, destacando a participação do secretário-adjunto municipal de Assistência Social e Cidadania, Diogo Bastos.

Inicialmente, o projeto será implantado no Centro de Atendimento Psicossocial Infantil (Capsi – Rua João Fernandes Neto, 920, Centro). A primeira reunião com 10 pais está marcada para o dia 27 de outubro, às 10h. O distanciamento social será respeitado e todas as medidas de higienização também. “Além dos pais, vamos capacitar também professores e outros profissionais para executar bem o trabalho. Iremos buscar parcerias também com ONGs e outros setores da sociedade civil”, encerrou Patrocínio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages