Imóvel irregular é interditado em Mesquita - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

1.19.2021

Imóvel irregular é interditado em Mesquita


MESQUITA - Nesta segunda-feira, dia 18, ocorreu uma força-tarefa em Mesquita, com o objetivo de vistoriar duas casas em situação irregular, localizadas na Rua Javali, no Alto Uruguai. A ação contou com o subsecretário municipal de Ordem Pública; um coordenador, engenheiro e agente da Defesa Civil; três agentes do Trânsito, além de um coordenador e uma psicóloga da Assistência Social.

As equipes chegaram ao local por volta das 10h. As vistorias em ambas as casas foram realizadas em função de denúncias realizadas pelo aplicativo COLAB.

“Na primeira casa em que fomos, foi constatado que o imóvel havia sido construído em cima da rede de esgoto e, devido ao volume de água das fortes chuvas, veio a ter várias rachaduras em sua estrutura. Por isso, ficou comprometida, tendo de ser demolida”, explica Wanderley Fordiani, subsecretário municipal de Ordem Pública

Foi, então, realizada a vistoria técnica do local e emitidos o auto de interdição, demolição, abordagem pela SEMAS aos residentes e toda a análise do espaço para a execução da demolição, que foi realizada pelo engenheiro, com a equipe da Defesa Civil.

Quanto à segunda residência, o volume de água desbarrancou parte da encosta, atingindo o quarto das crianças que moram ali. “Conversamos com os moradores e eles informaram que demoliram o que havia sido quebrado. Fizemos uma vistoria junto com o engenheiro no local e foi averiguado que não há risco estrutural de desabamento”, esclarece Márcio Araújo, coordenador de logística da Defesa Civil.

Os agentes da Assistência Social estiveram presentes para garantir os direitos dos usuários que pudessem estar correndo risco, como o aluguel social e outros benefícios.

“Uma das moradoras já é assistida por nós, beneficente do aluguel. Assim como a residente do segundo imóvel, que é contemplada pelo Programa Bolsa Família. Além disso, inserimos o casal no programa de atendimento e acompanhamento psicológico e convidamos eles a participarem das atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) realizado pelo CRAS Juscelino”, relata Loan Cavalcante, coordenador do Centro de Referência de Assistência Social de Juscelino.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

19/01/2021 

Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages