Prefeitura do Rio desiste de construir autódromo em área de Mata Atlântica - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

2.01.2021

Prefeitura do Rio desiste de construir autódromo em área de Mata Atlântica

Foto divulgação prefeitura do Rio

Depois de mobilização contra o executivo passado, na gestão de Marcelo Crivella e também contra o próprio Instituto Estadual do Ambiente (Inea), a Prefeitura do Rio, agora comandada por Eduardo Paes, desistiu oficialmente de construir o Autódromo Internacional do Rio na Floresta do Camboatá, na Zona Oeste da cidade. A medida garante a preservação de até 200 mil árvores, num terreno de Mata Atlântica de baixada, uma floresta considerada rara, abrigando espécies em extinção.

O pedido de arquivamento do processo foi enviado ao INEA. No documento, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente destaca que a região é um patrimônio ambiental, que exerce papel fundamental de conexão entre os maciços da Pedra Branca e do Mendanha, unidades protegidas por legislações estaduais e municipais.

O executivo também anunciou que está reabrindo o processo de análise da criação de unidade de conservação no Camboatá, em Deodoro. No que depender da gente, a recuperação de espaços verdes no Rio será uma prioridade.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

01/02/2021

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages