Belford Roxo vacina bovino e bubalinos - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

quinta-feira, dezembro 16, 2021

Belford Roxo vacina bovino e bubalinos

Na primeira etapa foram vacinados 238 animais. Na segunda, até agora, 80/ Fotos: Rafael Barreto

Para manter a vacinação dos animais de Belford Roxo em dia, a Secretária Municipal de Saúde em parceria com a Secretária Estadual de Agricultura está aplicando as doses contra febre aftosa nos rebanhos de bovinos e bubalinos (búfalos) locais. Nesta semana foram vacinados 15 animais, sendo sete machos e oito fêmeas do Sítio São Jorge, na Piam. A segunda etapa da campanha de vacinação começou em novembro e foi prorrogada para esse mês. Na primeira etapa foram imunizados 238 animais. Na segunda, que está prorrogada, 80.

A primeira etapa aconteceu em maio. Já nesta segunda etapa é a vez de vacinar os animais de dois anos de idade. De acordo com o coordenador de Controle de Zoonoses, Alexandre Araújo, Belford Roxo tem um plano estratégico, sempre fazendo esse acompanhamento vacinal dentro da cidade. “Temos uma parceria com o Estado há anos, não só na vacinação, mas também em palestras nas escolas sobre os tipos de zoonoses que podem ser transmitidas para os humanos e precisam ser controladas. Manter todas as vacinas animais em dia é um bem para o município em questão do índice vacinal. Na primeira etapa da campanha de vacinação a cobertura foi de 63%, sendo a meta 90% e nosso foco 100%”, destacou.

A médica veterinária do Núcleo de Defesa Agropecuária da Secretaria Estadual de Agricultura, Lilia Marques, explicou que dentro da área de abrangência, atendem ao município de Belford Roxo, uma parceria que acontece há mais de 10 anos. “É importante manter todos os bovinos imunizados para que a doença não se propague. Ela causa aftas na boca ou nas patas causando uma manqueira, além de uma febre muito alta. Acomete não só os rebanhos bovinos, mas todos os animais de casco fendido como os suínos, caprinos e ovinos e causa vários prejuízos, pois eles começam a perder peso e isso diminui a produção”, ressaltou.

Febre aftosa

Lilia também afirmou que o Estado hoje tem a classificação livre da febre aftosa com a vacinação. Em Belford Roxo ela ressaltou a parceria. “Temos acesso aos produtores, já realizamos um curso de formação de agentes em sanidade animal e o projeto que estamos executando “Educação Sanitária nas escolas rurais”, onde levamos informações para as crianças que são filhos de produtores rurais”, finalizou ao lado do zootecnista José Humberto que aplicou as doses nos animais com uma pistola.

O proprietário do amplo espaço cuida de quase todos os tipos de animais típicos de uma fazenda. Com a produção diária, Eneas Brasil Gonçalves, 59, anos, cuida muito bem de seu rebanho. “Todos os anos a Prefeitura nos procura para vacinar os bovinos e nos alertar dos riscos. Caso não seja aplicada a vacina, podem gerar danos para a saúde da população por ingestão de leite e carne contaminados da doença. Então procuramos fazer o correto para não ter prejuízo e a Prefeitura nos dá suporte e assistência na vacinação”, disse Eneas.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

Publicado em 16/12/2021

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Pages