Polícia Militar do Rio recebe coletes balísticos e armas não letais - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

segunda-feira, dezembro 27, 2021

Polícia Militar do Rio recebe coletes balísticos e armas não letais

Crédito: Divulgação/SEPM/CCOMSOC

Em cerimônia realizada na tarde desta segunda-feira (27/12), a Secretaria de Estado da Polícia Militar do Rio de Janeiro recebeu um substancial reforço de recursos materiais: 4.360 coletes balísticos e 215 dispositivos eletro incapacitantes. Fruto de recursos obtidos por emendas parlamentares da bancada federal fluminense, os novos equipamentos agregarão valor às ações de segurança pública e serão fundamentais para redução da vitimização policial.

As emendas parlamentares foram encaminhadas pelos deputados federais da legislatura anterior (2014 a 2018), num período em que o Estado do Rio de Janeiro enfrentava uma séria crise econômica, financeira e política. Com a aprovação das emendas durante o ano legislativo de 2017, foram destinados ao orçamento da Corporação R$ R$ 16.027.755,00 para a aquisição dos 4.360 coletes nível IIIA e R$ 712.014,22 para compra dos 215 equipamentos não letais.

- Transmito meus cumprimentos ao deputado Hugo Leal, líder da bancada fluminense na legislatura anterior, para agradecer a todos os parlamentares do nosso estado que lutaram pela melhoria da segurança pública – disse o secretário de SEPM, coronel Luiz Henrique Marinho Pires, durante a solenidade.

O coronel Henrique lembrou que as emendas destinando recursos para a Corporação e beneficiando toda a sociedade demonstram mais um aspecto da importância do trabalho de todos os parlamentares federais, independentemente de ideologias políticas. O secretário fez questão de registrar seu agradecimento ao Ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres.

- Desde que assumimos a SEPM, o ministro Anderson Torres vem nos apoiando, disponibilizando toda a estrutura de seu ministério para que essa emenda, que poderia ter sido perdida, fosse executada - disse o secretário.

Conforme destacou o coronel Henrique, os 4.360 coletes fazem parte de um conjunto de 20 mil desses equipamentos de proteção individual adquiridos pela SEPM por meio de outras fontes de recursos.

- Virão mais equipamentos por aí, seja através de emendas parlamentares, utilização de fundos e de recursos próprios, em prol de uma Polícia Militar mais equipada e moderna. Nosso foco é disponibilizar para os nossos policiais dignidade e melhores condições de trabalho, e para nossa população, mais segurança e qualidade na prestação do serviço – concluiu o coronel Henrique.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Pages