Portal dos Procurados pede informações sobre mais quatros detento Evadidos no Saidão de Natal - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

domingo, janeiro 09, 2022

Portal dos Procurados pede informações sobre mais quatros detento Evadidos no Saidão de Natal

O Portal dos Procurados divulga neste domingo (09), mais um cartaz para ajudar a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária – SEAP/SISPEN, a fim de obter informações que levem à localização e prisão de mais quatro detentos, que estão na condição de Evadidos do Sistema Penitenciário, após receberam o benefício de Indulto de Natal. Dos 1.240 detentos que saíram de suas unidades prisionais, 522 detentos não voltaram para as prisões após o “Saidão de Natal”. Isso representa 42% dos que foram liberados para passar as festas em casa e não retornaram. O prazo para retorno terminou às 22h do dia 30 de dezembro do ano passado.

Dois dos 522 detentos beneficiados e que não haviam retornado no prazo estabelecido foram presos novamente na última quarta-feira (05). Os outros 520 seguem foragidos.

Entre os cinco presos que tiveram cartazes já divulgados no dia 05, pelo Portal dos Procurados estão Charles Miranda Ramos, chefe do tráfico de drogas no Morro dos Marítimos, em Niterói, Região Metropolitana do Rio; Edigar de Morais, o Edgarzinho, de 40 anos, chefia o tráfico de drogas no Morro do Jovem, em Miracema; Cleiton da Silva, Mãozinha, de 30 anos, é apontado como chefe do tráfico da Favela do Lixo, no bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio; Igor de Assis Bernardo, o Pretinho, de 26 anos, ligado ao tráfico de drogas da facção CV, e integrante da quadrilha do traficante Antônio Hilário Ferreira, o Rabicó, chefe do tráfico do Complexo do Salgueiro e Vanderson Vieira Travassos, o Chacrinha ou Frango ou Negão, de 44 anos. Chefia o tráfico de drogas na Favela da Mangueirinha, em Caxias. Todos continuam foragidos.

Neste sábado mais quatro estão são divulgados. São Eles:
 
1 - Pedro Marinho dos Santos Neves, de 68 anos. Ele preso, porque na noite de 02 de janeiro de 2016, por volta de 22:30h, na Rua Ouvídio Almeida e Silva, bairro Brisamar, em Itaguaí, matou Jonathan Gomes Marinho dos Santos, seu filho de 16 anos, desferindo golpes no abdômen da vítima com uma faca. O homicídio praticado teve motivação fútil, e era para se impor e mostrar autoridade perante o filho, ora vítima.
 
Ele saiu no dia 24 de dezembro da Colônia Agrícola Marco Aurelio Vegas, em Magé, em razão da saída extramuro de Visita Progressiva a Família – VPF – e não retornou as 22:00h do dia 30, sendo considerado Evadido até a presente data. 
 
2 – Joyce da Silva Amorim, de 28 anos, foi presa pela primeira vez, em outubro de 2012, na esquina da Rua do Ouvidor com Primeiro de Março, no Centro do Rio, mediante grave violência, ao puxar o cabelo e roubar um aparelho celular da vítima. Em 2017, ela ganhou a liberdade condicional, foi preso novamente um mês depois. Em 2018, sua prisão foi revogada, e no mesmo ano foi presa novamente por roubo. 
 
Ela saiu do Instituto Penal Oscar Stevenson e não retornou no dia 30 de dezembro. Contra ela constam um processo de número: 0181442.37.2013.8.19.0001. 
 
3 – Paola Queiroz da Conceição Vicente, de 22 anos. Ela foi presa em 2018, na Comunidade do Buraco do Boi, no Fonseca, em Niterói, Região Metropolitana do Rio. Ligada ao trafico local, ela foi presa com farto material entorpecente. 
 
Ela saiu do Instituto Penal Oscar Stevenson e não retornou no dia 30 de dezembro. Contra ela constam um processo de número: 0128662.13.2019.8.19.0001, pelo crime de Tráfico de Drogas. 
 
4 – Christian Jonathan das Neves Martins, o Orelha, de 24 anos. Ele foi preso em 2016, na Estrada do Conde, Parque Floresta, em Belford Roxo, Baixada Fluminense, quando portava uma GLOCK calibre .40, com cinco munições. Antes de ser preso junto com outro comparsa, ele fez diversos disparos contra os policiais. Após ser preso ele confessou que trabalha com “abastecedor dos pontos de drogas”, local que é ligada a facção Comando Vermelho. 
 
Ele saiu do Instituto Penal Vicente Piragibe, e até o momento não retornou a prisão.  
 
Disque Denúncia recebe informações sobre a localização de foragidos da Justiça, nos seguintes canais de atendimento:
• Zap do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Pages