Quiosque onde congolês Moïse Kabagambe foi morto é repassado para família do jovem - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

05/02/2022

Quiosque onde congolês Moïse Kabagambe foi morto é repassado para família do jovem


Desde quando ocorreu o assassinato do jovem Moise kabagambe na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, no dia 24 de janeiro, o mundo parou para acompanhar o desfecho da história, pois a família gritava pedindo ajuda das autoridades. 

As cenas da barbárie foram gravadas pelas câmeras de segurança do estabelecimento. Os acusados no crime, já estão presos. Neste sábado (5/4) o prefeito do Rio, Eduardo Paes, anunciou que o quiosque passará a ser administrado pela família do rapaz. 

Nas redes sociais, Paes escreveu “Não a banalização da barbárie!. A ideia da prefeitura é transformar os quiosques Biruta e Tropicália em memorial em homenagem a Moïse.

A ação será realizada em parceria com a Orla Rio, concessionária que opera os quiosques. Ainda na manhã de hoje, diversas pessoas manifestaram no local pedindo justiça.

Aleson Cristiano de Oliveira Fonseca, conhecido como “Dezenove”, Brendon Alexander Luz da Silva, o “Totta”, e Fábio Pirineus da Silva, o “Belo” foram transferidos para presídio para uma das unidades prisionais do Estado do Rio de Janeiro.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

Publicado em 05/02/2022

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

©2022 I Todos os direitos são reservados ao Jornal Destaque Baixada, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

Pages