Queimados capacita professores da rede municipal em recursos visuais de ensino sobre trânsito - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




PUBLICIDADE

Queimados capacita professores da rede municipal em recursos visuais de ensino sobre trânsito


Para capacitar professores da rede municipal de educação acerca de novos métodos de ensino sobre o trânsito, a Prefeitura de Queimados promove, nesta quarta (26) e quinta-feira (27), o programa “Caminhos para a Cidadania”. Resultado de uma parceria entre a gestão municipal, por meio da Secretaria de Educação, e o Instituto CCR NovaDutra, o curso acontece no Centro de Esporte e Lazer da Terceira Idade (CELTI), no bairro Pacaembu.

A iniciativa visa inserir conteúdos sobre trânsito e cidadania no currículo dos 4º e 5º anos do ensino fundamental e, assim, reforçar a temática na vida das crianças. A palestrante, Priscila Lundstedt, acredita que essa é a melhor forma de criar pequenos multiplicadores de informação.

“Após aprender o que pode ou não ser feito no trânsito, os alunos começam a observar os seus responsáveis e muitos até reprimem os adultos quando cometem algum erro, como, por exemplo, não usar o cinto de segurança”, explicou a educadora.

Durante os dois dias de aprendizado, os professores são divididos e, grupos e realizam dinâmicas para contar histórias. Os educadores também recebem orientações para o uso do aplicativo “Stop Motion” (que desenvolve vídeos) e de histórias em quadrinhos como técnicas especiais para que a educação no trânsito seja aplicada de forma criativa e visual aos alunos em sala de aula.

“Para se sentir estimulado a aprender, o aluno precisa de um professor motivado a ensinar, por isso, quando oferecemos possibilidades de capacitação aos nossos profissionais, estamos valorizando o seu trabalho. Assim, as aulas ganham um incentivo as e crianças ficam mais interessadas em participar”, explicou o Secretário Municipal de Educação, Lenine Lemos. 

Com a mão na massa para ilustrar a sua história sobre o trânsito, a professora da Escola Municipal Monteiro Lobato, Rosemar Oliveira (55), acredita que é importante tratar sobre o assunto com os alunos.

“É um tema que está sempre presente no cotidiano deles, pois muitos usam o meio de transporte para chegar até a escola, outros por morarem perto vão andando e precisam saber o local certo de atravessar a rua, se é o momento dele passar ou dos carros, por exemplo”, afirmou a educadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages