Empresa que fornece alimentos para escolas de Nova Iguaçu tem infestação de ratos - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

01/07/2019

Empresa que fornece alimentos para escolas de Nova Iguaçu tem infestação de ratos

Foto reprodução rede social
Pais de alunos do município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, estão preocupados com seus filhos. Isso, porque um vídeo que está circulando nas redes sociais, mostra uma infestação de ratos na empresa Soluções Serviços Terceirizados Eirelli, que presta serviço para a prefeitura do município. A empresa é responsável por abastecer as escolas municipais da cidade. Ainda de acordo com informações, na última semana, o vídeo que começou a circular exatamente no dia 19 de junho, mostra os funcionários tentando matar os ratos. 



A pessoa em contato com o rato, aumenta os casos de leptospirose, doença transmitida pela urina do animal. Quais são os sintomas? Os mais frequentes são parecidos com os de outras doenças, como a gripe ou a dengue. A pessoa pode apresentar um quadro de febre, dor de cabeça, dores pelo corpo, principalmente nas panturrilhas. Em alguns casos podem ocorrer vômitos, diarreia e tosse. Em casos mais graves, apresentam-se hemorragias, meningite, insuficiência renal, hepática e respiratória.

Procurada, a empresa que tem um galpão na Avenida Brasil, na altura de Realengo, na Zona Oeste do Rio, disse que, o evento foi “pontual” e a infestação não ocorreu na área de produção. As informações foram divulgadas pelo G1. Ainda em nota, a Soluções Serviços Terceirizados Eireli, com sede em São Paulo, afirmou que alimentos eventualmente contaminados “foram descartados”. A empresa afirmou ainda que, nos últimos 90 dias foram realizadas seis operações para erradicação de pragas. Em um dos certificados, do dia 19 de junho, exatamente o dia em que foram registradas as imagens dos ratos na empresa, lê-se:



A Prefeitura de Nova Iguaçu foi procurada pela Reportagem do Jornal Destaque Baixada, que se manifestou através de uma nota. A empresa Soluções é fornecedora de produtos alimentícios para as escolas, em embalagens fechadas. A produção da merenda é feita nas cozinhas das escolas, por merendeiras da própria rede municipal e com acompanhamento de nutricionista. Até o momento não houve qualquer denúncia de irregularidades na empresa. Porém, ainda assim, a Secretaria Municipal de Educação irá enviar uma equipe ao local para fiscalizar a situação.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

01/07/2019
Compartilhe nas redes sociais e WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages