Cidade de Magé oferece atrações variadas e refrescantes no verão - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

1.20.2020

Cidade de Magé oferece atrações variadas e refrescantes no verão


O município de Magé abriga muitas atrações naturais para moradores e visitantes. Durante o verão as áreas verdes atraem muitos visitantes, tanto os adeptos de caminhadas e trilhas, como os que buscam apenas sombra e água fresca. As atrações oferecidas pelo município são gratuitas e diárias, mas para evitar que haja depredação à natureza, a Secretaria de Meio Ambiente, juntamente com outros órgãos, promove operações para coibir abusos.

Os interessados em promover excursões às cachoeiras devem procurar o setor de protocolo da Prefeitura, no térreo do Palácio Anchieta, sede do governo municipal, onde é realizado o credenciamento. Em seguida, o responsável deverá comparecer na Secretaria Municipal de Esporte, Turismo, Lazer e Terceira Idade (SMETULTI) para agendar a autorização. No território de Magé há uma grande área de Mata Atlântica preservada e incontáveis cachoeiras, as mais visitadas no período mais quente do ano são:

Cachoeira Véu da Noiva

Foto: Eliton Fernando
Possui queda d’água de 110 metros de altura, que forma piscinas naturais e é cercada por flores nativas e árvores centenárias. Localizada na Estrada da Cachoeira Grande, Rio do Ouro, Magé – RJ.

Poço Tamanqueiro

Foto: Gerson Peres
Sua profundidade chega a dois metros, forma piscinas naturais separadas por rochas altas, uma delas com mais de 20 metros de diâmetros. Também possui uma pequena praia. Suas águas são cristalinas e de baixa temperatura.

Localizado a Rua Manoel dos Santos, S/N, Andorinhas, no 2º distrito de Magé.

Cachoeira Monjolo

Foto: Divulgação Interne
Possui três quedas d’água, o movimento da água proporciona numa bela cortina de neblina e muitas piscinas naturais. A área é muito procurada por praticantes de trilhas. Também fica em Santo Aleixo, no segundo distrito.

Píer da Piedade

Foto: Divulgação Internet
O Píer da Piedade tem atraído visitantes de municípios vizinhos, principalmente para assistir ao pôr do sol. O local se tornou uma referência turística na cidade e tem se destacado nas redes sociais. O cenário virou palco das famosas selfies, ensaios fotográficos e se transformou em um dos cartões-postais mais bonitos da cidade.

O ponto turístico fica no fim da Avenida Nossa Senhora da Piedade, e os visitantes podem acessar a partir da BR-493. O local fica aberto para visitação de segunda a sexta, de 7h a 22h, e aos fins de semana até 0h.

Caminho do Ouro


Trilha construída por escravos em 1724 para transportar as riquezas de Minas Gerais a Magé. Hoje, o Caminho é procurado por praticantes de caminhadas e faz parte da Trilha Caminhos da Serra do Mar, um projeto do Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso). O ponto de partida do Caminho do Ouro é em Raiz da Serra, no 6º distrito de Magé e termina em Petrópolis. O acesso é pela BR-116, segue pela Avenida Santos Dumont, em Piabetá. A visitação é diária e gratuita.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

20/01/2020
Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages