Pastor candidato a vereador em Belford Roxo é preso apontado como chefe do tráfico - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

10.29.2020

Pastor candidato a vereador em Belford Roxo é preso apontado como chefe do tráfico


BELFORD ROXO - Policiais Civis montaram uma operação na manhã desta quinta-feira (29/10) contra uma organização criminosa para o tráfico de drogas que atua no Complexo do Roseiral, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. O objetivo era cumprir 10 mandados de prisão preventiva e 61 mandados de busca e apreensão. Na ação, Elisamar Miranda, que é candidato a vereador. foi preso. A operação ocorre em parceria com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público do Rio de Janeiro. 

A ação é consequência de um inquérito em que, ao todo, 24 pessoas foram indiciadas e denunciadas pelos crimes de associação para o tráfico de drogas e constituição de milícia privada. De acordo com as investigações, esta organização criminosa, além de controlar o tráfico de drogas, também passou a desempenhar atividades típicas de milícia, como extorsão de comerciantes, monopolização da venda de cestas básicas, água e gás, cobrança de taxa a motoristas de vans para que pudessem circular livremente pela localidade e, principalmente, exploração dos moradores de conjuntos habitacionais, mediante a indicação dos síndicos dos condomínios e a cobrança de taxas aos moradores. Caso eles não pagassem, tinham o fornecimentos de água suspenso e poderiam até ser expulsos de suas propriedades.

Por meio de interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça, foi possível identificar o modo de atuação do grupo, que incluía a prática de extorsões e ameaças, além de desvendar a hierarquia de funcionamento da organização, com a identificação das funções exercidas por cada um dos participantes.

Segundo a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), o chefe do tráfico no Roseiral está preso e, mesmo assim, continua comandando a associação criminosa. Seu imediato foi preso em março deste ano, tendo contra ele 18 mandados de prisão, sendo alguns por homicídios de dois policiais militares e um bombeiro. 

Conforme os agentes, esta segunda prisão, o líder do grupo resolveu mudar a administração do tráfico de drogas e dos condomínios, colocando o próprio irmão na liderança da associação criminosa. Ele atua como pastor evangélico e é candidato a vereador no município de Belford Roxo.

Denúncias indicam que ele usa toda a estrutura da associação criminosa para angariar votos, além de ameaçar e oprimir outros candidatos de fazerem campanha na região. Segundo as investigações, o plano de eleger o candidato é uma estratégia do líder do grupo para garantir maior penetração e influência nas instituições públicas.

Pastor é suspeito e apontado pela polícia por chefiar tráfico 

Em nota, o Pastor disse em rede social, que está sofrendo perseguição política. (Veja a nota abaixo). 

"O Pastor Elisamar está sendo vítima de perseguição política por parte daqueles que não querem o bem de Belford-Roxo. Temos absoluta certeza e confiança na Justiça que todas essas acusações infundadas serão esclarecidas. O Pastor Elisamar é um homem íntegro que ajuda muitas famílias necessitadas e desenvolve projetos sociais há tempos nas comunidades carentes de nossa cidade. Pedimos a intercessão dos santos, para que tudo seja o mais rápido esclarecido. Quem conhece de fato o nosso Pastor, sabe do seu caráter, do quão amável é e da sua integridade". Disse a nota.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

29/10/2020 
Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages