Motorista de aplicativo é preso acusado de estuprar mulher durante corrida em Caxias - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

terça-feira, março 09, 2021

Motorista de aplicativo é preso acusado de estuprar mulher durante corrida em Caxias


DUQUE DE CAXIAS - Um motorista de aplicativo foi preso sob acusação de ter estuprado uma passageira durante uma corrida na cidade de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Na delegacia, a vítima reconheceu o homem, que não teve a identidade divulgada. 

O caso aconteceu por volta das 4h do último dia 14 de dezembro, quando a vítima havia solicitado um carro no aplicativo da Uber, próximo ao Shopping Outlet Premium. Conforme a polícia, durante depoimento, ela disse que o motorista teria ameaçado, ordenando que ela tirasse a roupa e em seguida foi abusada sexualmente. A passageira então pediu para que ela não fosse morta. Após a prática do crime, a mulher foi abandonada nas proximidades de onde partiu a corrida. 

Segundo a polícia civil, o detido também vai responder por roubo qualificado por levar dinheiro e pertences da vítima durante o episódio.

 A Uber se manifestou através de uma nota.

"A Uber lamenta o crime terrível que foi cometido. A empresa repudia qualquer tipo de comportamento abusivo contra mulheres e acredita na importância de combater, coibir e denunciar casos de assédio e violência. O motorista parceiro foi banido da plataforma assim que a denúncia foi feita.

A empresa defende que as mulheres têm o direito de ir e vir da maneira que quiserem e têm o direito de fazer isso em um ambiente seguro. E permanece à disposição das autoridades para colaborar com as investigações, na forma da lei.

Todas as viagens com a plataforma são registradas por GPS. Isso permite que nossa equipe especializada possa dar o suporte necessário, sabendo quem foi o motorista parceiro e o usuário, seus históricos e qual o trajeto realizado.

Desde 2018, a Uber tem um  compromisso público para o enfrentamento da violência contra a mulher, materializado no investimento em projetos elaborados em parceria com entidades que são referência no assunto, que inclui campanhas contra o assédio, podcast para motoristas parceiros sobre violência contra a mulher, entre outras ações". Disse a nota.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

09/03/2021

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Post Bottom Ad

Pages