Hospital Geral de Nova Iguaçu está com estoque de sangue abaixo e precisa de doações - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

4.14.2021

Hospital Geral de Nova Iguaçu está com estoque de sangue abaixo e precisa de doações


O número de doações de sangue no Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) caiu cerca de 30% nos últimos três meses. Essa redução, associada à pandemia do coronavírus, ligou o sinal de alerta da unidade, que é uma das únicas emergências de portas abertas na Baixada Fluminense e recebe baleados, vítimas de arma branca, acidentados e outras doenças, que na maioria das vezes precisam de transfusão sanguínea. Para manter o estoque abastecido são necessárias que 600 bolsas sejam coletadas por mês.

As doações acontecem de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h30. O HGNI disponibiliza o agendamento da doação, serviço implementado no início da pandemia. Os interessados podem marcar um horário enviando mensagem para o número (21) 97663-9352, que também atende no aplicativo WhatsApp, das 8h às 16h30. O banco de sangue segue um rígido protocolo sanitário, como o uso de máscara, álcool gel, higienização das mãos e distanciamento, dando maior segurança aos doadores e funcionários.

“É fundamental manter o estoque abastecido para oferecer assistência aos pacientes graves que chegam de toda a Baixada Fluminense, onde o uso do sangue é essencial. Contamos com a ajuda dos doadores para nos ajudar a salvar vidas”, ressalta o diretor geral do HGNI, Joé Sestello.

Além de atender os casos de trauma, cirúrgicos e clínicos, o HGNI foi readequado para oferecer assistência aos pacientes com a Covid-19, que também podem precisar de sangue, principalmente os que ficaram intubados por um longo período. Por ter maior comprometimento respiratório, eles têm maiores chances de desenvolver quadros clínicos que necessitam de transfusão.

“Em muitas situações ocorrem distúrbios de coagulação em pacientes diagnosticados com a Covid-19. Também acontece de muitos pacientes agravados já possuírem uma doença crônica, estarem entre os grupos de risco e a necessidade de sangue ser esperada”, explica o médico Achiles Menezes Júnior, coordenador do banco de sangue.

Para doar é preciso ter entre 18 e 69 anos, sendo que os maiores de 60 anos precisam ser doadores de sangue com regularidade. É necessário estar bem de saúde, pesar mais de 50 quilos e levar documento original com foto. Pessoas que foram vacinadas contra a Covid-19 devem aguardar sete dias, enquanto aquelas que foram acometidas pela doença precisam esperar 30 dias. Imunizados contra a gripe poderão fazer a doação após 24h. Não é preciso estar em jejum, mas não poderá doar quem ingeriu comida gordurosa nas últimas quatro horas ou bebida alcoólica no dia anterior. Menores de 16 e 17 anos precisam de autorização dos pais ou responsáveis que pode ser preenchida no site do Hemorio (http://www.hemorio.rj.gov.br/html/pdf/menor_idade.pdf).

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

14/04/2021

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Post Bottom Ad

Pages