Alerj debate criação de eixo de desenvolvimento por gás natural na Baixada Fluminense - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

sexta-feira, agosto 06, 2021

Alerj debate criação de eixo de desenvolvimento por gás natural na Baixada Fluminense


A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), por meio de seu Fórum de Desenvolvimento Estratégico e de sua Comissão de Tributação, Controle da Arrecadação Estadual e de Fiscalização dos Tributos Estaduais, irá realizar, nesta sexta-feira (06/08), às 10h, painel virtual sobre um projeto conceitual para a criação de um hub de desenvolvimento por gás natural na Baixada Fluminense. A proposta será esclarecida pelo diretor-geral da Alerj e ex-secretário estadual de Energia, Indústria Naval e Petróleo, o engenheiro Wagner Victer.

O encontro será mediado pelo presidente da Comissão Tributação, deputado Luiz Paulo (Cidadania), e vai ser transmitido pela TV Alerj, em seu canal do YouTube, e nos canais 10.2 UHF Digital e 12 da operadora de TV a cabo NET.

Victer explicou que o projeto deriva de um gasoduto marítimo chamado Rota 4b, oriundo do Campo de Bacalhau, na Bacia de Santos. Por terra, a produção de gás segue por Itaguaí, na Baixada Fluminense, dando a oportunidade de incremento da oferta em pelo menos 20 milhões de metros cúbicos diários de gás, em associação com o porto de Itaguaí, na Baía de Sepetiba, e com o Arco Rodoviário Metropolitano.“Esse é o projeto mais importante da década de 2020 para o estado do Rio de Janeiro.

Ele pode alavancar o desenvolvimento econômico de toda a Baixada Fluminense, permitindo a construção de diversos empreendimentos, com reflexos positivos até na questão ambiental da região. Ao se discutir a construção desta nova rota para Itaguaí, preterindo outros locais da Região Sudeste, é fundamental compreender as vantagens incomparáveis que a Baixada tem, sua importância e necessidade para o Rio de Janeiro. 

É uma das regiões com maior concentração populacional, que possui elevado nível de desemprego”, comentou Wagner Victer.Também participarão do debate o secretário estadual Desenvolvimento Econômico, Vinícius Farah; a ex-diretora da ANP e integrante da Assessoria Fiscal da Alerj, Magda Chambriard; a presidente da Naturgy, empresa de serviços de gás natural, Kátia Repsold, e o presidente da Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado (Agenersa), Rafael Augusto Penna Franca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Post Bottom Ad

Pages