Queimados decreta situação de emergência após fortes chuvas - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

03/04/2022

Queimados decreta situação de emergência após fortes chuvas


Em decreto publicado neste sábado (02) em caráter extraordinário, o prefeito Glauco Kaizer decretou Estado de Emergência nos locais afetados pelas fortes chuvas em Queimados.

Houve um registro acumulado pluviométrico de 122mm em 4h de chuva ocasionando danos de alagamentos e riscos de deslizamento e desmoronamento em 10 bairros - São Roque, Jardim Alzira, Santa Rosa, Valdariosa, Eldorado, Ponte Preta, Centro, São Jorge, Fazendinha, Vila Americana, deixando mais de 350 pessoas em situação de vulnerabilidade.

Para diminuir esse impacto, o decreto autoriza as seguintes medidas:

A mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a coordenação da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMDEC, nas ações de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução.

A convocação de voluntários para reforçar as ações de resposta ao desastre e realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada pelo desastre, sob a coordenação da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMDEC.

Além disso, os agentes ficam autorizados a realizarem as seguintes ações: penetrar nas casas, para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação; usar de propriedade particular, no caso de iminente perigo público, assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver dano.

A cidade segue em estágio de mobilização pelas próximas 72h a partir da publicação do decreto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

©2022 I Todos os direitos são reservados ao Jornal Destaque Baixada, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

Pages