Alerj discute se mulheres poderão integrar equipe do Segurança Presente - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

07/03/2022

Alerj discute se mulheres poderão integrar equipe do Segurança Presente


Na pauta em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vai votar, nesta terça-feira (08), o projeto de lei 1068/19, que autoriza o Poder Executivo a incluir o segmento feminino no programa de policiamento de proximidade Segurança Presente.

A proposta, da deputada Alana Passos (PSL), estabelece a seleção de mulheres que saíram das Forças Armadas ou que estejam habilitadas, pelo órgão competente, com Registro de Certificado de Formação do Vigilante para o Programa Segurança Presente.

Sargento Paraquedista do Exército Brasileiro, a autora defende que as mulheres têm capacidade para o exercício da função e que a inclusão delas vai humanizar o programa.

"Atualmente, diversos órgãos de segurança do estado contam com a presença atuante da mulher, que são reconhecidas por sua capacidade e empenho no exercício de suas funções. A lei determina que revistas de mulheres sejam feitas por outra, e há essa carência no Segurança Presente. Esse projeto permite que o governo cumpra a lei e humanize ainda mais o programa", defende Alana Passos.

Se a proposta for aprovada pela Alerj, caberá ao governo sancionar e regulamentar os atos necessários ao cumprimento da iniciativa.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

Publicado em 07/03/2022

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

©2022 I Todos os direitos são reservados ao Jornal Destaque Baixada, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

Pages